O MARAVILHOSO LIVRO DOS SALMOS

SALMO 49 - A VAIDADE DO HOMEM

"Povos todos, escutai isto; dai ouvidos, moradores todos da terra,
tanto plebeus como os de fina estirpe, todos juntamente, ricos e pobres.
Os meus lábios falarão sabedoria, e o meu coração terá pensamentos judiciosos.
Inclinarei os ouvidos a uma parábola, decifrarei o meu enigma ao som da harpa.
Por que hei de eu temer nos dias da tribulação, quando me salteia a iniquidade dos que me perseguem,
dos que confiam nos seus bens e na sua muita riqueza se gloriam?
Ao irmão, verdadeiramente, ninguém o pode remir, nem pagar por ele a Deus o seu resgate.
Pois a redenção da alma deles é caríssima, e cessará a tentativa para sempre,
para que continue a viver perpetuamente e não veja a cova;
porquanto vê-se morrerem os sábios e perecem tanto o estulto como o inepto,
os quais deixam a outros as suas riquezas.
O seu pensamento íntimo é que as suas casas serão perpétuas e, as suas moradas, para todas as gerações; chegam a dar seu próprio nome às suas terras.
Todavia, o homem não permanece em sua ostentação; é, antes, como os animais que perecem.
Tal proceder é estultícia deles; assim, mesmo os seus seguidores aplaudem o que eles dizem.
Como ovelhas são postos na sepultura; a morte é o seu pastor; eles descem diretamente para a cova, onde a sua formosura se consome; a sepultura é o lugar em que habitam.
Mas Deus remirá a minha alma do poder da morte, pois ele me tomará para si.
Não temas, quando alguém se enriquecer, quando avultar a glória de sua casa;
pois, em morrendo, nada levará consigo, a sua glória não o acompanhará.
Ainda que durante a vida ele se tenha lisonjeado, e ainda que o louvem quando faz o bem a si mesmo,
irá ter com a geração de seus pais, os quais já não verão a luz.
O homem, revestido de honrarias, mas sem entendimento, é, antes, como os animais, que perecem."

COMENTÁRIOS
Chama-se a atenção de todos para a questão da riqueza, com sua influência sobre o caráter dos homens e sobre o curso e o destino das suas vidas.
A verdade, que aqui é revelada, veio do próprio Deus.
A grande pergunta é: por que razão o justo há de temer àquele que é rico, cuja tendência é oprimir os pobres? As duas respostas (vv 7 e 8 e 13 a 20) mostram que o justo não deve temer.
A primeira resposta é que o justo não deve ter respeito subserviente para com os ricos, pois as riquezas não podem salvar da morte, nem podem acompanhar seu dono quando ele morrer.
Ninguém pode prolongar sua vida com dinheiro; a vida, tanto a física como a espiritual, é um dom que somente Deus pode conceder (conf. Efésios 2:8-9).
Caríssima: ninguém no mundo pode pagar o preço para resgatar uma única alma da pena do pecado contra Deus; somente o sacrifício de Jesus Cristo na cruz, que é uma oblação suficiente, é aceitável perante Deus para o nosso resgate (conf. Gálatas 3:13-14;  4:3-5;  I Pedro 1:18-21).
A morte não respeita nenhuma personalidade (conf. Hebreus 9:27).
A segunda resposta é que o justo não deve temer os ricos, pois enquanto o futuro dos ricos sem Deus é de miséria eterna, o futuro dos que temem a Deus está abrilhantado com a perspectiva da vida eterna.
O futuro dos que são ricos para o mundo, mas pobres para com Deus nos vv 13 a 15. Na morte perecerá tanto sua prosperidade, quanto suas esperança, conf. v 10.
No v. 15, contrasta-se o futuro dos fiéis: O Deus justo ressuscitará seus corpos para a eternidade.
Os ricos, ao morrerem, nada levarão consigo, conf. a parábola de Jesus em Lucas 12:19
Independentemente da posição social do homem, ou da sua riqueza, sem Cristo como seu Salvador pessoal ele perecerá (1  João 5:11-12).
Comentários Bíblia Shedd de Estudos

0 comentários:

Plano da Salvação

Plano da Salvação
Thanks to "The Navigators"

A Deus toda a Glória!

A Deus toda a Glória!

PARABÉNS!

PARABÉNS!
Aos aniversariantes do mês, desejamos as mais ricas bençãos do Senhor!

ESCOLA BIBLICA DOMINICAL INFANTO-JUVENIL

ESCOLA BIBLICA DOMINICAL INFANTO-JUVENIL

OVELHAS PERDIDAS

OVELHAS PERDIDAS

Counter

Onde estamos

Onde estamos
Igreja Evangélica Batista Paulistana Rua Bueno de Andrade, 679 Aclimação São Paulo - São Paulo Fone: 11 - 32088007 Email: ibp@ibpaulistana.com.br

Entre em contato

Entre em contato
Nosso Email

Horário dos Cultos e EBD

Cultos
Domingos: 10h45 e 18h00
Culto de Oração
Quartas-feiras: 20h00
Escola Bíblica Discipuladora
Domingos: 9h25

Cultos pela Internet

Cultos pela Internet
Todos os domingos às 10h45 (Culto Matutino) e às 18h00 (Culto Vespertino) - Clique na imagem acima!

Culto de Oração

Culto de Oração

EBD

EBD

Discipulado

Discipulado

Discipulado

Discipulado

João 8:12

João 8:12

Vem!

Vem!

Google+ Followers

Visitas que nos honram

Páginas Visitadas

Países que nos visitam


Receba nossos artigos no seu email

Translate

Discipulado

Discipulado

Digital clock