PARÁBOLAS DE JESUS

A PARÁBOLA DO BOM SAMARITANO
Lucas 10:25-37

Certa vez, um advogado da Lei levantou-se com o propósito de submeter Jesus à prova e lhe indagou: "Mestre, o que preciso fazer para herdar a vida eterna?".
Ao que Jesus lhe propôs: "O que está escrito na Lei?  Como tu a interpretas?"
E ele replicou: "Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e com toda a tua capacidade intelectual' e 'Amarás o teu próximo como a ti mesmo".
Então, Jesus lhe afirmou: "Respondeste corretamente, faze isto e viverás".
Ele, no entanto, insistindo em justificar-se, questionou a Jesus: "Mas, quem é o meu próximo?"
Diante do que Jesus lhe responde assim:
"Certo homem, descia de Jerusalém para Jericó, quando veio a cair nas mãos de alguns assaltantes, os quais, depois de lhe roubarem tudo e o espancarem, fugiram, abandonando-o quase morto.
Coincidentemente, descia um sacerdote pela mesma estrada. Assim que viu o homem, passou pelo outro lado.
Do mesmo modo agiu um levita; quando chegou ao lugar, observando aquele homem, passou de largo.
Mas um samaritano, estando de viagem, chegou onde se encontrava o homem e, assim que o viu, teve misericórdia dele.
Então, aproximou-se, enfaixou-lhe as feridas, derramando nelas vinho e óleo. Em seguida, colocou-o sobre seu próprio animal, levou-o para uma hospedaria e cuidou dele.
No dia seguinte, deu dois denários ao hospedeiro e lhe recomendou: 'Cuida deste homem, e, se alguma despesa tiverdes a mais, eu reembolsarei a ti quando voltar'.
Qual destes três te parece ter sido o próximo do homem que caiu nas mãos dos assaltantes?
Declarou-lhe o advogado da Lei: "O que teve misericórdia para com ele!" Ao que Jesus lhe exortou: "Vai e procede tu de maneira semelhante".

COMENTÁRIOS BÍBLIA KING JAMES 
A palavra grega transliterada nomikos, significa originalmente "advogado", como consta da Bíblia King James desde 1611. 
As versões posteriores usaram expressões como "intérprete", ou ainda "perito na lei". Tratava-se de um teólogo judeu, autoridade na Lei (a Torá) de Deus (11:45) e que nesta passagem procura submeter Jesus à prova (Mateus 4:7; Tiago 1:3), mas é provado pelo Senhor através de seus próprios argumentos legalistas.
Em outra situação Jesus agrupa os mandamentos formando um só (Mateus 22:35-40; Marcos 12:28-32 com base em Deuteronômio 6:5; Levítico 19:18). 
Se considerarmos que o amor tem quatro aspectos (coração alma, forças e entendimento ou inteligência - como aqui e em Marcos 12:30) ou apenas três (Deuteronômio 6:5; Mateus 22:37; Marcos 12:33), o princípio maior a ser observado é a ampla e irrestrita dedicação do nosso ser a Deus. 
Esses dois mandamentos resumem toda a Lei (Romanos 13:9). 
Como - após a Queda (Gênesis 4) - tornou-se impossível ao ser humano, cujo pecado habita no coração, atingir esse padrão; Cristo o fez por nós: a dupla Lei do Amor (1 João 4:7-19).
O advogado busca demonstrar o valor de sua questão. No entanto, oferece ainda mais elementos para que Jesus destrua os argumentos da Lei e revele a verdade da Graça. A autojustificação ambicionada pelo mais rigoroso fariseu (18:9-14; Filipenses 3:6) é negada na parábola do Bom Samaritano. 
A justiça do sacerdote, que representa a suprema autoridade religiosa, e a do levita (que trabalhavam em parceria no templo a serviço de Deus) ainda que zelosos no cumprimento da Lei, omitem o verdadeiro "amor de Deus" (11:42) e passam "de largo" (pelo outro lado da estrada) para evitar um confronto frontal com aquele ser humano (semelhante e próximo) mortalmente ferido.
Jesus usa de certa ironia ao eleger como o benfeitor da história um samaritano. Considerado pelos judeus da época como o mais asqueroso dos hereges, excluído do direito de ser "próximo" do judeu, um pecador tanto em relação à doutrina como à prática da religião (João 4:20); mesmo assim, era capaz de compadecer-se e ter misericórdia de um inimigo necessitado, sacrificando-se e pagando alto preço para salvá-lo. 
Dois denários de prata correspondiam a dois dias de trabalho e eram suficientes para custear cerca de dois meses numa hospedaria. Uma ilustração clara da obra de Cristo por nós (Romanos 5:8).

Para ver as Parábolas de Jesus já publicadas, clique aqui!

0 comentários:

Plano da Salvação

Plano da Salvação
Thanks to "The Navigators"

A Deus toda a Glória!

A Deus toda a Glória!

PARABÉNS!

PARABÉNS!
Aos aniversariantes do mês, desejamos as mais ricas bençãos do Senhor!

ESCOLA BIBLICA DOMINICAL INFANTO-JUVENIL

ESCOLA BIBLICA DOMINICAL INFANTO-JUVENIL

OVELHAS PERDIDAS

OVELHAS PERDIDAS

Counter

Onde estamos

Onde estamos
Igreja Evangélica Batista Paulistana Rua Bueno de Andrade, 679 Aclimação São Paulo - São Paulo Fone: 11 - 32088007 Email: ibp@ibpaulistana.com.br

Entre em contato

Entre em contato
Nosso Email

Horário dos Cultos e EBD

Cultos
Domingos: 10h45 e 18h00
Culto de Oração
Quartas-feiras: 20h00
Escola Bíblica Discipuladora
Domingos: 9h25

Cultos pela Internet

Cultos pela Internet
Todos os domingos às 10h45 (Culto Matutino) e às 18h00 (Culto Vespertino) - Clique na imagem acima!

Culto de Oração

Culto de Oração

EBD

EBD

Discipulado

Discipulado

Discipulado

Discipulado

João 8:12

João 8:12

Vem!

Vem!

Google+ Followers

Visitas que nos honram

Páginas Visitadas

Países que nos visitam


Receba nossos artigos no seu email

Translate

Discipulado

Discipulado

Digital clock